• Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Facebook Basic Square

Um Pequeno Gesto MINDFUL

 

 

 

 

Se como eu, pensa que praticar mindfulness ou ter ações mindful requer uma grande dose de tempo e treino, que entrar nesta rotina significa mudar completamente a sua vida, sugiro que leia este texto.

 

Ter atenção ao agora e ao presente é estar ou ser mindful, pelo menos foi esta a conclusão que cheguei depois do que tenho estudado e praticado. Todos os dias aprendo um pouco e para mim é um momento só meu. Pode ser no carro, no transito, ou com os meus filhos em casa, na aula de dança, de yoga, quando estendo a roupa ou arrume a cozinha...

 

Em resumo o que faço é respirar e encontrar o que o momento presente tem de positivo e como posso olhar para aquela realidade do “agora” com curiosidade.

 

Depois de se começar, é fantástico. É bom observar a quantidade de vezes que o nosso cérebro quer acelerar e que podemos tomar controlo, respirar e dar-lhe um momento de gratidão.

 

É muito simples de começar... e digo-lhe... a vida ganha outra leveza. Pelos menos, mais momentos de leveza ;).

Aqui deixo alguns passos que podem ser uteis:

 

Deixe que os outros saibam quanto é bom

 

É tão fácil estar sempre há procura do erro como dar uma palavra amiga e de agradecimento quando alguém faz algo bem. Quando alguém dá da sua energia para ser atencioso consigo dê de si uma palavra agradável, um gesto simpático, um sorriso. Dê um elogio, quer seja a alguém que trabalha para si, quer seja a um colega ou a um superior.

 

 

Marque estar com alguém todas as semanas.

A vida é "feita" a correr se quisermos “ir com a onda” e, por vezes, esquecemo-nos de dizer um “olá”, de rever pessoas que não vemos há muito tempo, de falar só porque é agradável sentir que o mundo é muito mais do que a nossa rotina diária.

Procure alguém.

Como tudo, as relações têm de ser alimentadas se quer que se mantenham saudáveis. Faça uma lista de pessoas que sabe que não quer perder o contacto e coloque fixada num local visível. Depois disto, todas as semanas escolha alguém e interaja: pode ser um amigo da faculdade, um vizinho, um antigo professor, uma amiga de outra cidade...

 

 

Oiça os sons

 

Algumas vezes por dia, pare e oiça os sons à sua volta. Feche os olhos para haver menos interferências. Pode ser quando for ao correio, quando estiver a ir para o ginásio, enquanto faz o jantar, quando for passear o cão, quando estiver já deitado... permita-se integrar no mundo nesse momento...

 

 

 

Se não acresce, não diga

Numa conversa veja a que velocidade está o seu cérebro... veja com que vontade está de dar uma resposta mesmo antes de a frase da pessoa que está consigo acabar. 

Quando está a conversar com alguém, treine-se para ouvir até ao fim e dê uns segundo para perceber e identificar a intenção no que vai dizer. Se não for para acrescentar valor, se não for construtivo... não diga. Não é algo fácil de se fazer, mas é algo maravilhoso quando é feito. Requer prática e atenção.