• Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Facebook Basic Square

Feng Shui e bom ambiente: o que não ter em casa.

 

 

 

Feng Shui é uma arte, uma permanente consciencialização do que funciona e não funciona quando alteramos o ambiente que nos circunda. 

 

Nesta perspetiva, fica claro que há aspetos que não podemos alterar, não podemos alterar as montanhas que nos circundam, as estradas que envolvem, os rios que passam perto de nós e nem mesmo a direção da nossa casa.

 

Mas existem aspetos que podemos mudar e coisas que podemos fazer. 

O nosso lar é o nosso lar, não existe igual. A sua casa é o seu porto seguro, é onde se sente livre e onde tem, guarda e preserva o que é importante para si. Por isso, faz sentido que a sua casa seja uma extensão ou mesmo um reflexo da pessoa que é.

O termo Feng Shui significa vento e água, por outras palavras, refere-se ao que se movimenta, onde se acumula e como nos nutre. Feng é “vento” e Shui é “água”. Os anciães mestres chineses de Feng Shui terão percebido que toda a envolvente natural seria dotada da sua própria condição energética caracterizada pelas diversas qualidades de Qi (ou energia).

 

O que queremos em nossa casa é “encorajar” a energia positiva e benéfica e, nesse sentido, o que não devemos ter?

 

 
A SUA CASA TEM UMA ORDEM E EQUILÍBRIO, RESPEITE ISSO.
 

Quando está em casa há uma ordem e equilíbrio yin e yang que deve ter em conta. Não coloque elementos Yang: televisões, telemóveis, cores intensas, movimento excessivo, muitos espelhos, musica demasiado alta, carrilhões de vento... nos locais que quer que sejam Yin: os quartos.

Nós influenciamos o ambiente à nossa volta e em contrapartida, este tem uma influencia sobre nós. É por isso que devemos respeitá-lo, para que possamos usufruir dos seus benefícios e sentir a tranquilidade que ele tem para oferecer. 

 

 

EVITE TER DEMASIADO MOBILIARIO PONTIAGUDO.
 

A decoração de nossa casa deve ser ao nosso gosto, caso contrario não nos sentiríamos em casa. Devemos ser nós a escolher o que nos faz sentido. Nessa escolha, segundo as leis de Feng Shui e a tranquila circulação de Qi, não devemos ter demasiados objetos pontiagudos em casa, principalmente se apontam diretamente para nós. Tanto ao nível do chão como das paredes, e mesmo no teto. 

Ângulos pontiagudos aceleram a circulação de energia e o que quer é estar nutrida por uma circulação tranquila, de linha curvas e de velocidade moderada.

Bordas afiadas ou bicos penetrantes quebram, aceleram ou interrompem o fluxo harmonioso de qi.

 

 

CADA ELEMENTO TEM A SUA VIDA

 

Tudo o que temos em casa, de alguma forma transmite energia e provoca em nós determinadas emoções. Todos nós e todas as “coisas” têm uma longevidade. Elementos mais novos têm uma energia mais vibrante, elementos mais antigos têm um Qi mais débil.

Evite ter em casa objetos que não funcionam, adereços que já não usa, mobiliário estragado, com bolor, danificado, com caruncho... Objetos partidos e por arranjar. Plantas mortas. Cortinas rasgadas. Se gostar muito de alguma peça, tire o fim de semana para a recuperar, fazer bricolage, pedir alguém para arranjar...

Evite também ter elementos que lhe provocam emoções negativas: de tristeza, de medo, de ansiedade... Representações positivas provocam em nós emoções positivas :)!

Tudo o que já passou o seu período de vida tem energia estagnada e não é isso que quer para si.

 

Desejo-lhe um ótimo fim de semana!

 

 

Fique muito bem,

Bárbara

 

Accessories de Feng Shui aqui

 

 

 

é já hoje o lançamento do livro   Um livro que escrevi sobre Astrologia Chinesa - BaZi e concretização de objectivos..."O Poder de Saber" - em Leiria 

 

Vo