• Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Facebook Basic Square

Se quer ter o que precisa, liberte-se do que não precisa

 

 

 

A vida é feita de aprendizagem e por alguma razão há pessoas que sabem mais sobre isto de aprendizagens do que outras.

Há padrões que se repetem e é desses padrões que “reza a história”.

 

Estudos mostram que o ser humano tem de 12,000 a 60,000 pensamentos e indecisões por dia. Cerca de 90% desses pensamentos são ações repetidas do dia anterior. E 85% desses são pensamentos negativos... maioritariamente de medo.

 

A questão é que quando já sabe o que quer e tem medo, acaba por repetir essa indecisão em conversas com amigos e em conversas consigo próprio. 

A verdade é que já sabe o que quer, mas quer aprovação para ver se o medo vai embora. Quer aprovação para ter o descanso de que se algo correr mal a “culpa” não é só sua...

A verdade é que já sabe o que quer! O que é que o está a impedir?

 

De acordo com algumas escolas que estudam o comportamento humano, o maior medo de todos é o medo pelo incerto. 

 

Mesmo sabendo que a sua vida poderia ser bastante melhor, a escolha pelo incerto é muitas vezes posta de parte... por razões emocionais e por razões que, no momento, nos parecem muito práticas. Escolhemos estar confortáveis, mas por vezes infelizes.

 

Quando desistimos dos nossos sonhos, desistimos de uma parte da nossa vida. 

 

Eu gostava de dizer que isto de viver um sonho é possível para 100% das pessoas, sei que por vezes é um caminho que “toca” a impossibilidade. Mas por vezes não é...

Por vezes abdicamos por medo do insucesso, por não saber o que vai acontecer...

 

Casey Neistat, produtor cinematográfico, respondeu a uma pergunta sobre sucesso. A resposta ficou-me gravada e partilho convosco (tradução própria):

 

“O que é para si sucesso?

Para mim, não se cinge a quanto tempo passamos a fazer o que amamos, resume à nossa capacidade de gerir o nosso tempo e de limitar o tempo que passamos a fazer o que não gostamos.”

 

A mudança vem de nos abrirmos ao desconhecido.

Se nunca aceitarmos novas experiencias nas nossas vidas nunca saberemos o que está para lá da nossa realidade. É preciso estar aberto ao que as mudanças têm para nós, com humildade e confiança.

 

A sua vida está a comunicar consigo.

O universo tem estado a enviar sinais há muito tempo.

O seu passado passou e aprendeu com isso.

O futuro é o que lhe que trará algo diferente... quando quiser.

É preciso aceitar a diferença para perceber o que é capaz de fazer e a pessoa que pode ser.

 

A questão é:

 

O que é que está disposto a abdicar para ter algo diferente?

 

 

 

Fique muito bem,

Bárbara

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload